A evolução do facilities condominial
Contratação agregada de serviços de manutenção e conservação otimiza gestão e reduz custos
Blogs e Colunas | Vida em Condomínio 08/10/2019 17:17 - Atualizado em 08/10/2019 18:02

A gestão de facilidades (facilities management) é um termo que surgiu nos EUA na década de 1960 para descrever o crescimento de práticas de terceirização em instituições bancárias e financeiras, mas que, na verdade, abrange muito mais atividades, dependendo da complexidade do negócio envolvido, sendo uma área multidisciplinar que busca facilitar as atividades de uma organização provendo serviços de suporte e infraestrutura pela integração de pessoas, locais, processos e tecnologia. 

O fato é que, com a crescente evolução dos empreendimentos condominiais, principalmente após o surgimento dos “condomínios-clube”, tornou-se necessária uma abordagem diferenciada no oferecimento e controle dos serviços visando proporcionar aos condôminos mais conforto, economia, conveniência e valorização do patrimônio. 

De modo geral, os facilities são serviços prestados de forma terceirizada, entretanto, não deve ser vista como mero oferecimento de serviços, pois se trata da aplicação de atividades baseadas em um gerenciamento complexo e eficiente das tarefas executadas. Assim, as “facilidades” são um conjunto de ferramentas de integração de sistemas condominiais, redução de custos, mais rendimento dos investimentos e, por conseguinte, maior satisfação dos usuários. 

As atividades de facilities compreendem serviços como segurança e portaria (inclusive de sistemas eletrônicos e digitais), limpeza e conservação, controle de pragas, higienização de reservatórios, manutenção de áreas verdes, manutenção de sistemas de refrigeração e aquecimento, limpeza de piscinas e controle da balneabilidade da água, manutenção em geradores e elevadores, gerenciamento do descarte de resíduos sólidos e líquidos, vistorias dos sistemas elétricos, de distribuição de gás e de combate a incêndio, coordenação de funcionários, controle de seguros e licenças, controle de recebimento e distribuição de correspondências, além de tantos outros, que dependerão do porte de cada empreendimento.

Em uma estratégia de facilities, essas funções podem ser gerenciadas e monitoradas com uma visão mais analítica para se tornarem cada vez mais eficientes e seguras, ficando fácil mensurar gastos, otimizar recursos e acelerar a resolução de problemas, além de possibilitar o uso correto dos equipamentos, organizar o uso do espaço e até mesmo garantir a aplicação das normas internas de convivência.

Nos condomínios, os síndicos são os responsáveis por providenciar o levantamento de todas as demandas internas para, em seguida, buscar as empresas que prestarão os serviços necessários. Normalmente, são contratadas diversas empresas, uma para cada serviço, tornando a administração desgastante e complexa.

Cada vez mais, e à medida em que aumentam as obrigações dos gestores condominiais, sobretudo pela intensificação das fiscalizações, cresce o interesse dos condomínios na implantação de sistemas de gestão de facilidades, integrado às práticas de gestão de propriedade, através da contratação de empresas especializadas e habilitadas, que realizam o diagnóstico das principais necessidades dos empreendimentos e, com isso, o condomínio consegue colher mais benefícios da implantação desse modelo de gestão, garantindo a manutenção geral do empreendimento, com o devido atendimento às questões legais, a valorização do patrimônio, maior desempenho e aproveitamento dos recursos e uma operação fácil, sustentável, econômica e inteligente.

E o seu condomínio, está atento a essas mudanças? Verifique com sua administradora se ela já possui o sistema de gestão de facilities integrado aos seus serviços.

 

Tem alguma dúvida sobre condomínio? Envie sua pergunta por e-mail.

Abraço a todos e até breve!

Notícias em Sergipe
Mais Notícias de Vida em Condomínio
30/07/2019 14:21

Abono de multa e juros sobre taxa de condomínio

03/05/2019 07:30

Planejamento financeiro condominial

25/04/2019 15:03

Impactos do eSocial na administração de condomínios

21/01/2019 10:30

Como lidar com a inadimplência em seu condomínio

18/12/2018 14:50

Fui multado pelo síndico. E agora, posso recorrer?

Blogs e Colunas
Vida em Condomínio
Daniel Lima é contabilista formado pelo Instituto Monitor/RJ, registrado no Conselho Regional de Contabilidade de Sergipe, com qualificação em Análise Fiscal, Análise Tributária e Administração de Condomínios. Com vasta experiência na área condominial, já atuou em grandes empresas do setor e em diversos empreendimentos do estado de Sergipe. Atualmente, é Gerente de Administração de Condomínios do Grupo Multserv e colunista do Portal F5 News.

E-mail: daniellima@multserv.net


O conteúdo e opiniões expressas neste espaço são de responsabilidade exclusiva do seu autor e não representam a opinião deste site.