Sergipe
Valmir de Francisquinho é reconduzido à Prefeitura de Itabaiana
Carminha Mendonça e Câmara da cidade foram notificados da decisão judicial
Política| Por Fernanda Araujo 13/03/2019 12:59 - Atualizado em 13/03/2019 14:17

O prefeito de Itabaiana, Valmir de Francisquinho, que esteve preso e afastado por suspeita de desvio de taxas do matadouro do município, foi reconduzido ao cargo nesta quarta-feira (13). A vice-prefeita, Carminha Mendonça, foi notificada do retorno do prefeito à administração do município do agreste sergipano, determinado pela Câmara Criminal do Tribunal de Justiça (TJ).

Segundo informações de um site local, uma oficial de justiça esteve nas dependências da Prefeitura para entregar a notificação. Conforme apurado pelo F5 News, Carminha, que foi empossada desde a prisão de Valmir, recebeu a notificação pouco antes das 10h. Além dela, a Câmara de Vereadores também foi notificada do retorno do prefeito, que reassumiu hoje por volta das 13h.

Moradores se concentraram em frente ao prédio da prefeitura e receberam Valmir, que chegou ao lado do filho Thalysson de Valmir, de autoridades e secretários do município que foram exonerados. O prefeito adiantou que os secretários devem retornar a seus postos e que não ficam mágoas dos adversários. "São pessoas [os secretários] competentes, sérias, dignas, honestas", disse à TV Atalaia.

"É uma sensação de alegria e reconhecimneto por parte da população por tudo o que a gente fez. Venho de origem simples, essas pessoas são simples, que tiveram povoados pavimentados, ruas calçadas. Agora vou retomar o trabalho e agradecer a Deus e a todos que acreditam no nosso trabalho", afirmou. 

Sobre o matadouro municipal, que permanece fechado, Valmir de Francisquinho declarou que não vai fazer nada sem autorizaçao do Ministério Público e do Poder Judiciário, mas que vai insistir na reabertura. "É uma prática feita há mais de cem anos em Itabaiana, eu fui marchante, meu pai foi, meus amigos, e sabemos o que é precisar do pão de cada dia e não ter. Vamos caminhar dentro da forma legal, se for necessário fazer concessão pública". 

Ele disse ainda que volta consciente sobre a possibilidade de ter cometido erros administrativos, mas que sempre foi honesto em suas práticas. "Agora é levantar a cabeça e trabalhar. Sou consciente da nossa obrigação enquanto homem público", afirmou.

Na terça (12) os desembargadores do TJ autorizaram a recondução de Valmir de Francisquinho ao cargo de prefeito do município serrano, do qual estava afastado há 120 dias. A cidade ficou em clima de euforia após a decisão e dezenas de itabaianenses estiveram concentrados na Praça Fausto Cardoso, em frente à residência de Valmir.

O prefeito, que chegou a ser preso por 16 dias no final de 2018 em razão da suposta fraude na arrecadação das taxas de abate do matadouro municipal, ainda terá que encarar os trâmites processuais para esclarecer a acusação do Ministério Público, que aponta um desvio de mais de R$ 6 milhões dos cofres do Município.

Mais Notícias de Política
26/05/2019 08:47 Laércio é homenageado pelo 28º Batalhão de Caçadores 
Parlamentar participou da entrega da boina a soldados incorporados em 2019
24/05/2019 20:55 Governadores do Nordeste aprovam Plano Regional de Desenvolvimento com Bolsonaro 
Gestores estaduais também pleitearam a participação dos estados no FNE
24/05/2019 10:18 Bolsonaro faz sua primeira viagem ao Nordeste 
Em Pernambuco, ele se reúne com governadores e entrega casas populares
23/05/2019 17:22 Subvenções: MP/SE denuncia Goretti Reis por improbidade administrativa
Promotoria argumenta que deputada fez repasses de forma desproporcional
23/05/2019 12:35 TSE mantém cassação de prefeita e vice de Riachão do Dantas (SE)
Gerana Silva foi punida por divulgar pesquisa eleitoral proibida em 2016