Eleições 2018
TSE mantém horários locais para votação nas eleições deste ano
Uma sugestão de alteração havia sido apresentada pelo ministro Gilmar Mendes
Política| Por Agência Brasil 09/08/2018 16:00 - Atualizado em 09/08/2018 14:53

O plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu hoje (09), por unanimidade, manter os horários de votação inalterados para a votação deste ano, obedecendo aos fusos horários locais, sempre das 8h às 17h em todas as unidades da Federação.

Uma sugestão de alteração havia sido apresentada pelo ministro Gilmar Mendes, que propôs o término da votação unificado pelo horário de Brasília, de modo a uniformizar a apuração.

Para que os resultados fossem apurados no mesmo momento, porém, seria necessária uma antecipação do início da votação em estados como o Acre, cujo fuso horário é ao menos duas horas atrasado em relação ao horário de Brasília.

“Parece que qualquer das soluções possíveis revela aspectos positivos e negativos”, disse a ministra Rosa Weber, que será presidente do TSE durante as eleições. Ela elogiou a iniciativa de Gilmar Mendes, mas votou por manter os horários atuais. Segundo a ministra, "inúmeras dificuldades implicariam o início das eleições, devido ao fuso horário, ainda pela madrugada”.

O atual presidente do TSE, ministro Luiz Fux, disse ter recebido diversas reivindicações de presidentes de tribunais regionais eleitorais (TREs) para que fossem mantidos os horários. Ele lembrou haver “estados bem carentes que teriam que começar a distribuir o material às 3 horas da manhã”.

 

Mais Notícias de Política
16/10/2018 17:32 Cabo Amintas critica gastos em cargos comissionados na Prefeitura de Aracaju
Vereador diz que o valor resolveria o problema da falta de recursos da gestão
16/10/2018 14:55 Temer prevê transição tranquila para o próximo governo
"Estamos nos organizando com o livro da transição para o que foi feito e o que resta a fazer", disse
16/10/2018 14:42 Eduardo Amorim não vai apoiar nenhum dos candidatos ao governo
15/10/2018 15:00 Haddad diz que pretende fazer “arco de alianças” contra retrocessos
O candidato disse também que está aberto a rediscutir os equívocos dos governos do PT
15/10/2018 14:55 Bolsonaro diz que capitães vão mandar no Brasil
O candidato visitou a sede do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) da Polícia Militar do Rio de Janeiro