TJ julga nesta quarta pedido de ressarcimento do IPTU
Política| Por F5 News 15/05/2018 16:20 - Atualizado em 15/05/2018 16:59

O Tribunal de Justiça do Sergipe (TJ/SE) deve julgar nessa quarta-feira (16) os embargos declaratórios interpostos pelo Partido Socialista Brasileiro (PSB) em relação à decisão do colegiado que declarou a inconstitucionalidade das leis que aumentaram o IPTU em Aracaju. A sessão está marcada para às 8h, no pleno do TJ. 

O vereador Elber Batalha, um dos autores da Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADIN) que anulou o aumento do IPTU, juntamente com OAB e Ministério Público, comemora a vitória inicial, mas destaca a importância desses embargos por entender que a população aracajuana que já fez o pagamento do IPTU poderá ser ressarcida, já que o imposto foi considerado ilegal pela justiça. 

O parlamentar explica que Embargos Declaratórios nada mais são que um recurso jurídico pelo qual uma das partes de um processo judicial pede ao juiz que esclareça determinados aspectos de uma decisão proferida, quando há alguma dúvida, omissão, contradição ou obscuridade.

 “Como na questão do IPTU pairaram diversas dúvidas sobre o pagamento do imposto, a exemplo se quem já pagou iria receber de volta o valor, sobre quem está efetuando o pagamento em parcelas, se deve continuar pagando e com base em qual lei, sobre como deve agir quem ainda não pagou, apresentamos os embargos e o Tribunal deve decidir agora essas questões”, disse.

*Com informações da assessoria

 

Mais Notícias de Política
18/05/2018 12:20 Sem vice, Amorim oficializa pré-candidatura ao governo de Sergipe
André Moura e Pastor Heleno completam chapa majoritária para o Senado
17/05/2018 20:22 Em Brasília, Belivaldo busca recursos para finalizar Terminal Pesqueiro
A obra beneficiará mais de 12 mil pescadores de 27 colônias sergipanas
17/05/2018 17:47 Estado será prejudicado com transferência do Fundeb, diz Conselheiro
Vice-presidente do TCE, Carlos Alberto Sobral, acredita que o Governo vai recorrer
17/05/2018 16:15 Juiz retira benefícios do ex-presidente Lula, preso em Curitiba
17/05/2018 16:10 Partidos terão mais 90 dias para fazer prestação de contas de 2017