Orçamento para 2018 é detalhado na Câmara de Aracaju
Política 06/12/2017 17:12 - Atualizado em 06/12/2017 17:24

Foi realizada na manhã desta quarta-feira (6), na Câmara Municipal de Aracaju (CMA), uma Audiência Pública para debater a Lei Orçamentária Anual (LOA) para o exercício 2018. A explanação das receitas e despesas previstas para o próximo exercício foi realizada pelo secretário Municipal de Planejamento, Orçamento e Gestão (Seplog), Augusto Fábio.

O presidente da Comissão de Finanças, Thiaguinho Batalha (PMB), acompanhou a audiência.
Os números foram apresentados no Painel da Casa Legislativa. Segundo a Prefeitura de Aracaju, a previsão do orçamento para 2018 será de R$ 2.323,169 bilhões. A estimativa de receita do Imposto sobre propriedade Territorial Urbano (IPTU) será de R$ 160.327,20 milhões e do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) de R$ 257.760,80 milhões. Para chegar a esses números, a administração municipal tomou como base a análise dos últimos três anos reajustados por índices inflacionários.

De acordo com Thiaguinho, a audiência esclareceu as dúvidas dos vereadores. O próximo passo, segundo ele, será dar continuidade à votação do Plano Plurianal (PPA) e em seguida a LOA.

 “A Casa Legislativa está de parabéns, porque vem realizando reuniões bastante produtivas. O objetivo dessa reunião foi esclarecer e tirar todas as dúvidas sobre as previsões de receitas e despesas para 2018. Parabenizo todo o corpo técnico da Seplog, em nome do secretário Augusto Fábio, pela excelente explanação”, disse.

Depois de lido o parecer da Comissão de Finanças, os vereadores têm 24 horas para apresentar as emendas. Em seguida, a Comissão tem até 10 dias para emitir parecer sobre cada emenda. Obedecidos esses prazos, a LOA é colocada para votação final no plenário da Casa.

 Fonte: Assessoria de Comunicação

 

Mais Notícias de Política
23/05/2018 17:30 Belivaldo se afasta do governo para cuidar da saúde em São Paulo
Presidente do TJ assume o governo de Sergipe por cinco dias
23/05/2018 16:46 Sintax quer regulamentação do transporte por aplicativo
Sem resposta do prefeito, taxistas decidem fazer protesto no próximo dia 6
23/05/2018 16:08 Georgeo pede tramitação de PL das pensões especiais
Estado gasta mais de R$ 400 mil ao mês com as pensões graciosa
23/05/2018 14:00 Presidência da CMA recorre ao STJ para tentar frear CPI do Lixo
Vereadores da oposição criticam medida
23/05/2018 13:55 Justiça suspende Lei que ampliou gratuidade para idosos no transporte
Setransp questionou fonte de custeio do benefício e constitucionalidade