Justiça de Sergipe mantém Tijói Barreto na Assembleia Legislativa
Política 06/12/2017 13:00 - Atualizado em 06/12/2017 14:47

Por Fernanda Araujo

O Pleno do Tribunal de Justiça manteve o deputado estadual Tijói Barreto no cargo na Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese). Tijói responde a um processo por suposto envolvimento em desvio de verbas destinadas à Câmara Municipal de Aracaju, na época em que era vereador. Este ano assumiu a Alese como primeiro suplente. Por nove votos a três, o Pleno foi favorável ao parlamentar.

O julgamento do pedido de afastamento do deputado, formulado pelo PEN, foi realizado nesta quarta-feira (6), após o procurador do Ministério Público Estadual Rony Almeida dar parecer favorável a seu afastamento. 

Os três desembargadores - Roberto Porto, Ricardo Múcio e Iolanda Guimarães -votaram contra a permanência do deputado na Alese, argumentando que existem denúncias graves contra  Tijói, que chegou a ser preso. No entanto, os demais desembargadores acompanham o entendimento do relator do processo, desembargador Osório de Araújo Ramos Filho,  defendendo que a medida cautelar proibindo o parlamentar de exercer função pública não atinge cargo eletivo. 

Em meio a Operação Indenizar-se, que investigou o desvio de verbas indenizatórias destinadas a vereadores, Tijói foi afastado das funções na Câmara e, além disso, impedido de assumir outras nomeações ou atividades públicas.

A expectativa era de que o terceiro suplente a deputado estadual, pastor Daniel Fortes, do Partido Ecológico Nacional (PEN), assumisse o lugar de Tijói, caso ele fosse afastado. O PEN havia impetrado um mandado de segurança pedindo a suspensão dos efeitos da posse do primeiro suplente na Alese. Daniel Fortes chegou a tomar posse no dia 20 de fevereiro deste ano como deputado estadual, mas uma liminar o afastou. 

Foto: arquivo CMA

Mais Notícias de Política
23/05/2018 17:30 Belivaldo se afasta do governo para cuidar da saúde em São Paulo
Presidente do TJ assume o governo de Sergipe por cinco dias
23/05/2018 16:46 Sintax quer regulamentação do transporte por aplicativo
Sem resposta do prefeito, taxistas decidem fazer protesto no próximo dia 6
23/05/2018 16:08 Georgeo pede tramitação de PL das pensões especiais
Estado gasta mais de R$ 400 mil ao mês com as pensões graciosa
23/05/2018 14:00 Presidência da CMA recorre ao STJ para tentar frear CPI do Lixo
Vereadores da oposição criticam medida
23/05/2018 13:55 Justiça suspende Lei que ampliou gratuidade para idosos no transporte
Setransp questionou fonte de custeio do benefício e constitucionalidade