Decepcionado, Tiririca faz primeiro e último discurso na Câmara
Política 06/12/2017 16:45 - Atualizado em 06/12/2017 17:03

Por F5 News

O deputado Tiririca (PR-SP) subiu à tribuna da Câmara dos Deputados nesta quarta-feira (06), pela primeira vez em dois mandatos, para dizer que está abandonando a vida pública. Em seu discurso, o parlamentar fez duras críticas aos colegas e disse que está “decepcionado” e “envergonhado” com a política brasileira.

“Eu subo nessa tribuna pela primeira vez e pela última vez, não por morte. Eu estou abandonando a vida pública”.

Em tom apelativo Tiririca pede aos colegas deputados que olhem para o país e para o povo, deixando de lado brigas e ego. “Muitos de vocês não sabem o que é passar fome, muitos de vocês não sabem o que é precisar de um hospital público”.

Diz também que os parlamentares ganham bem e tem muitas mordomias, mas nem todos trabalham. “São 513 deputados, só oito mais assíduos, eu sou um dos oito, um palhaço de circo de profissão, nunca brinquei aqui dentro”, diz.

Nas eleições de 2010, Tiririca foi o deputado mais votado do país, com mais de 1,3 milhão de votos. Em 2014, o deputado foi o segundo candidato mais votado, com 1 milhão de votos.

Tiririca diz ainda que não fez muita coisa nos sete anos dentro do parlamento, mas fez o que é pago para fazer e sai de cabeça erguida. “Não da para fazer muita coisa, porque a mecânica daqui é louca, eu costumo dizer que o parlamentar trabalha muito e produz pouco. Saio decepcionado, mas de cabeça erguida, não fiz nada e o pouco que fiz, fiz muito”.

Sobre o fato de nunca ter falado na tribuna Tiririca diz que é um ator e que não precisou subir ‘alí’ para mentir e segurar o mandato. “Eu sem falar, todas as minhas votações foram mais de 1 milhão de votos...”.

Tiririca afirmou, ainda, andar de cabeça erguida pelos aeroportos, o que, na opinião dele, muitos parlamentares não fazem com receio da população. “Eu saio totalmente com vergonha, não vou generalizar, tem gente boa aqui...”.

 

Mais Notícias de Política
23/05/2018 17:30 Belivaldo se afasta do governo para cuidar da saúde em São Paulo
Presidente do TJ assume o governo de Sergipe por cinco dias
23/05/2018 16:46 Sintax quer regulamentação do transporte por aplicativo
Sem resposta do prefeito, taxistas decidem fazer protesto no próximo dia 6
23/05/2018 16:08 Georgeo pede tramitação de PL das pensões especiais
Estado gasta mais de R$ 400 mil ao mês com as pensões graciosa
23/05/2018 14:00 Presidência da CMA recorre ao STJ para tentar frear CPI do Lixo
Vereadores da oposição criticam medida
23/05/2018 13:55 Justiça suspende Lei que ampliou gratuidade para idosos no transporte
Setransp questionou fonte de custeio do benefício e constitucionalidade