Comissão do Senado aprova Política Nacional para Doenças Raras
Proposta ainda precisa ser analisada pelo plenário
Política 04/07/2018 19:00 - Atualizado em 04/07/2018 18:01

A Comissão de Assuntos Sociais do Senado aprovou hoje (04) o projeto que cria a Política Nacional para Doenças Raras no Sistema Único de Saúde (SUS). De acordo com a proposta, que ainda precisa ser analisada pelo plenário do Senado, a política tem o objetivo de garantir que os pacientes diagnosticados com alguma forma de doença rara tenham acesso aos serviços e cuidados adequados e aos tratamentos disponíveis no mercado.

Pelo relatório aprovado, a política de doenças raras deve ser implementada no prazo de três anos e ser regulamentada pelo Poder Executivo. O texto estabelece que deve ser criado um Cadastro Nacional de Pacientes com Doenças Raras e uma rede integrada de cuidados aos portadores. A rede seria articulada entre os gestores federais, estaduais e municipais. O projeto prevê ainda a adoção de mecanismos diferenciados para o registro sanitário e a incorporação dos medicamentos conhecidos como órfãos pelo SUS. Os medicamentos órfãos são destinados ao tratamento de doenças muito graves ou raras e geralmente são produzidos ou comercializados em baixa escala pela indústria farmacêutica.

O projeto define doença rara como aquela que atinge até 65 pessoas a cada 100 mil indivíduos. Segundo a Associação Brasileira de Doenças Raras, o Brasil tem registro de cerca de 8 mil doenças raras que atingem aproximadamente 13 milhões de pessoas.

Atualmente, a questão das doenças raras é abarcada de forma transversal por outras políticas de genética clínica, triagem neonatal e portarias de atenção especializada do Ministério da Saúde. A aprovação do projeto de lei pretende inserir o tema na legislação federal.

O projeto já foi aprovado pelos deputados e, se passar também pelo plenário do Senado, segue para sanção presidencial.

Fonte: Agência Brasil

 

Mais Notícias de Política
22/01/2019 14:14 Bolsonaro diz que vai trabalhar para o Brasil ser exemplo para o mundo
No Fórum de Davos, presidente reafirma compromissos de campanha
21/01/2019 16:46 Governo de SE avalia possibilidade de decretar calamidade financeira
Mesmo com cortes de gastos, Estado ainda enfrenta dificuldades para manter contas em ordem
21/01/2019 16:23 Em Davos, Bolsonaro diz que vai buscar investimentos para Brasil
Em entrevista, presidente afirmou que discurso será "curto e claro"
18/01/2019 08:18 Subvenções: três pessoas são condenadas pelo crime de peculato
Segundo o MP, prejuízo mínimo causado ao erário é estimado em R$ 418,9 mil
17/01/2019 11:18 Alese convida para posse de Luciano Bispo, mesmo com mandato cassado
Legislativo ignora decisão do TRE que recomendou posse de Robson Viana