Artistas ainda não receberam 2ª parcela do cachê do Forró Caju
Edvaldo diz que pleiteará audiência com novo ministro para liberar verbas
Política| Por Agência Aracaju 09/01/2019 14:12 - Atualizado em 10/01/2019 10:14

O prefeito Edvaldo Nogueira voltou a se reunir nesta quarta-feira (9), com os músicos que se apresentaram no Forró Caju, edição 2018. No encontro, marcado pelo próprio prefeito e ocorrido em seu gabinete, o gestor municipal deu detalhes aos artistas de como está a tramitação para liberação do restante dos recursos pelo Governo Federal, que garantirá a quitação das duas parcelas, destinadas para pagamento dos cachês dos músicos. O repasse pelo Ministério da Cultura começou a ser feito em dezembro do ano passado, seguindo o plano de trabalho que foi elaborado, por exigência do Ministério.

A primeira parcela, no valor de R$ 228 mil, foi concluída pela Prefeitura que aguarda, agora, o repasse da segunda parte empenhada, como explicou o prefeito. “Eu os chamei aqui para dar uma satisfação de como anda o processo e detalhar, de forma transparente, cada passo que temos dado para finalizar o pagamento do Forró Caju, com os recursos do Ministério da Cultura. Como tínhamos a garantia por parte do Ministério que a segunda parcela seria liberada imediatamente após a prestação de contas do pagamento da segunda e isso não aconteceu, fiz questão de convidá-los para esse encontro, principalmente porque é uma situação que me aflige muito”, destacou o gestor.

Ao expor sua insatisfação com o atraso do repasse da parcela seguinte, Edvaldo apontou o empenho da Prefeitura para solucionar a questão e informou que já está buscando uma audiência em Brasília para verificar, pessoalmente, o porquê da demora, uma vez que todas as diligências foram respondidas. “Tudo o que foi de responsabilidade da Prefeitura já honramos. Quero dizer que essa é a minha prioridade e que estou trabalhando para resolver, o mais breve. Acredito que a audiência seja marcada nos próximos dias, mas até lá, não estaremos de braços cruzados, como não estivemos até o momento. Confio que até o dia 31 de janeiro esse impasse seja resolvido. Mas caso não ocorra, vamos buscar meios legais para solucionar. Esse é o meu prazo final”, afirmou o prefeito informando que uma nova conversa com os músicos será marcada ainda no mês de janeiro.

O presidente do Sindicato dos Músicos Profissionais de Sergipe, Tonico Saraiva, avaliou a reunião como satisfatória. Para ele, Edvaldo demonstra transparência ao convidar os artistas para uma nova reunião. “O prefeito nos chamou para dar uma satisfação. Ele está se colocando plenamente à disposição para resolver e está lutando por isso, tanto que nos falou da audiência que vai marcar. Tudo o que Edvaldo disse a gente já sabia por que também estamos em contato com o Ministério, então isso mostra a transparência dele, que está falando a verdade”, ressaltou.

Assim como ele, a forrozeira Carmem Correa se disse confiante e aliviada. “Quando a gente coloca o pé na estrada e vem ouvir pessoalmente o que o prefeito nos disse, a gente fica mais tranquila. Estou feliz, compreendi o que está acontecendo, sei que independe dele o nosso pagamento. Sentamos, dialogamos e temos a esperança de até o dia estabelecido por ele tudo ser resolvido”, enalteceu.   

Mais Notícias de Política
15/06/2019 13:45 Congresso vai aprovar reestruturação da carreira militar, diz ministro
Em entrevista, general Azevedo e Silva falou ainda da flexibilização do porte de arma
15/06/2019 10:43 Governo federal lança pacote de ações em favor de Brumadinho
Ministro Osmar Terra assinou termo que oficializa parceria
14/06/2019 19:15 Reforma será votada na Câmara antes do recesso, diz líder do governo
Joice acredita que o projeto deve chegar ao plenário já no começo de julho
14/06/2019 17:30 "Se forçar a barra, não aprova nada", diz Bolsonaro sobre Previdência
Presidente participou de café da manhã com jornalistas, no Palácio do Planalto
14/06/2019 16:50 Edvaldo Nogueira critica vereadores que questionaram empréstimos
Segundo o prefeito, recurso servirá para construção de casas em benefício da população carente