(79) 99659-0055
Cotidiano
16/04/2018 12:20:00- Atualizado em 16/04/2018 17:26:25
Vazamento: mancha de óleo avança no litoral de Sergipe
Empresas serão multadas pela Adema por crime ambiental

Por Fernanda Araujo

Continua a limpeza na região da Praia de Jatobá, no município sergipano de Barra dos Coqueiros, na manhã desta segunda-feira (16), local atingido por um vazamento de óleo este final de semana proveniente de uma tubulação da empresa Mosaic, antiga Vale, durante o processo de lançamento de resíduos.

Segundo a Administração Estadual do Meio Ambiente (Adema), que voltou a vistoriar o local na manhã desta segunda-feira (16), estão sendo analisados os danos ambientais provocados pelo incidente e foi constadado que a mancha de óleo avançou 900 metros pela faixa de areia. “A Adema acompanha as ações, o planejamento dos procedimentos que iniciaram desde sábado à tarde quando o vazamento foi identificado”, afirma o técnico ambiental Benjamin Reis.

A Petrobras e a Mosaic têm realizado a limpeza do local desde a manhã do domingo, já que no sábado a maré estava alta, o que impossibilitava a atividade. O vazamento aconteceu após falha no sistema de descarte de água do emissário (tubulação). Populares denunciaram o surgimento da mancha de óleo na areia da praia que, segundo a Adema, atingiu cerca de um quilômetro da faixa litorânea.

Segundo Benjamin Reis, a tubulação vai de Rosário do Catete até a praia do Jatobá, numa extensão de 44 km, e que ainda entra mais 1.900 metros no mar, uma profundidade de 10 metros de lâmina de água.

“A Mosaic necessita de muita água para a dissolução do cloreto de potássio, para isso a Petrobras cede 40% de água de poço. Na transferência da estação da Petrobras para um tanque de armazenamento da Mosaic, ocorreu um distúrbio de concentração desse óleo e ficou acumulado. Quando os técnicos da Mosaic perceberam, estava também sendo operada a transferência desses resíduos de tubulação, daí ocorreu carreamento de substância oleosa para o mar”, explica o técnico.

A Adema determinou a suspensão da operação do equipamento pela Mosaic até que a empresa comprove tecnicamente que toda essa tubulação está isenta de óleo, e orienta à população que evite o banho no local, devido ao risco de contaminação de óleo na pele.

A Adema informou ainda que as duas empresas receberão um auto de infração por crime ambiental. Os valores das multas ainda não foram definidos. 

Em nota, a empresa Mosaic disse que continua monitorando a área, principalmente a movimentação da maré, para avaliar necessidade de realização de novos turnos de limpeza nos próximos dias, assim como neste domingo e segunda-feira, com funcionários da companhia e da Petrobras, além do apoio de consultores ambientais. "A empresa segue comprometida para a total resolução da situação o mais breve possível e reforça seu compromisso com funcionários, comunidades e meio ambiente nas regiões onde atua", declarou. 

*Texto atualizado para acréscimo de informações. 

Notícias em Sergipe
Outras notícias sobre Cotidiano
ColunistasVer todos
Mais Entretenimento
Notícias em Sergipe
Notícias em Sergipe
Notícias em Sergipe
Notícias em Sergipe
Notícias em Sergipe
F5 News - © 2016.
criação de site