(79) 99659-0055
Cotidiano / Polícia
13/04/2018 16:15:00- Atualizado em 13/04/2018 16:32:48
Criminosos que agiam em Sergipe são mortos no Sertão de Pernambuco

Por F5 News

A Polícia Militar de Pernambuco deu detalhes desta sexta-feira (13) de uma operação policial que desarticulou uma quadrilha especializada em assaltos a banco. De acordo com a PM, além de Pernambuco, a organização criminosa agia nos estado do Ceará, Sergipe, Piauí, Alagoas e Bahia.

Na ação, quatro acusados recusaram a rendição e acabaram morrendo em troca tiros com a equipe do Batalhão Especializado de Policiamento do Interior (BEPI), antiga Companhia Independente de Operações e Sobrevivência em Áreas de Caatinga (CIOSAC). Entre eles, está Risomar da Conceição, também conhecido como Gambá, considerado o maior especialista em explosivos a serviço das quadrilhas interestaduais especializadas em explosões de carros-fortes, caixas eletrônicos e cofres bancários.

Segundo o comandante do BEPI, tenente-coronel Ely Jobson, as mortes representam um baque forte nas quadrilhas que atuam no Sertão, principalmente Risomar: “Ele era muito requisitado por esses grupos e em vários estados. Tanto que já tinha seis mandados de prisão em aberto, inclusive na Bahia e no Ceará”.

No começo da manhã, fotos da operação circularam nas redes sociais em Sergipe, com a informação de que os criminosos seriam os assassinos do capital Manoel Oliveira, comandante da Companhia Independente de Operações Policiais em área de caatinga (CIOPAC), morto na semana passada. A Secretaria da Segurança Pública (SSP) negou a informação.

Operação

Segundo a polícia, a quadrilha se preparava para assaltar uma agência bancária na cidade de Ibimirim, no Sertão pernambucano. “Foi um trabalho realizado por muitas mãos, com o monitoramento dos passos do grupo, até chegarmos a encontrá-los na cidade. Infelizmente, apesar dos nossos esforços para que se entregassem, optaram pelo confronto”, contou o comandante do BEPI.

Com os suspeitos foram apreendidos uma pistola, uma espingarda calibre 12 com 53 munições, um rifle 44 com uma munição, duas pistolas .40 com 97 munições, três espoletas com cordel detonante usadas para explodir cofres e caixas eletrônicos, além da caminhonete roubada, celulares, relógios, cerca de 50 gramas de maconha e R$ 2.879, em espécie.  Até agora, somente dois dos quatro homens mortos foram identificados pela polícia. Todo o material apreendido foi encaminhado para a Força Tarefa de Bancos de Floresta. 

A operação realizada pelo BEPI contou com o apoio da Força Tarefa Bancos, de Pernambuco, além de unidades parceiras de Estados vizinhos. O gestor da Diretoria Integrada do Interior 2 (DINTER 2), responsável pela segurança de todo o Sertão pernambucano, coronel Flávio Morais, destacou a importância da iniciativa da Secretaria de Defesa Social de buscar parceria com as forças policiais dos Estados vizinhos, um trabalho de inteligência que tem possibilitado uma troca de informações fundamental para o sucesso de operações como a de Ibimirim e tantas outras.

O delegado Ariosto Esteves, da Força Tarefa Bancos, disse que o trabalho de investigação prossegue, para localizar e prender outros membros da quadrilha que fugiram ao notar a presença policial na cidade sertaneja. “Estamos conseguindo montar esse quebra-cabeça que são as quadrilhas, nomeando seus componentes, o que tem possibilitado a prisão de líderes importantes, o que tira muita força dos grupos”, disse Ariosto.

*Com informações e foto da PM/PE

 

Notícias em Sergipe
Outras notícias sobre Cotidiano
ColunistasVer todos
Mais Entretenimento
Notícias em Sergipe
Notícias em Sergipe
Notícias em Sergipe
Notícias em Sergipe
Notícias em Sergipe
F5 News - © 2016.
criação de site