Cultura
Saulo Ferreira é destaque no cenário musical nacional e internacional
Músico sergipano é homenageado por Ordem de Mérito Cultural, maior honraria do campo da cultura
Entretenimento| Por Victória Valverde* 06/12/2018 09:30 - Atualizado em 06/12/2018 15:41

“Comigo está a certeza de que a arte cura, salva, faz refletir, faz mudar pensamentos e quebrar paradigmas. Faz futuro”. Essas foram as palavras proclamadas pelo músico Saulo Ferreira, para agradecer ao prêmio de Ordem de Mérito Cultural que recebeu em Brasília no dia 28 de novembro deste ano.

Saulo foi uma das 35 personalidades e instituições homenageadas na cerimônia de entrega da Ordem do Mérito Cultural (OMC). A honraria é concedida aqueles que se destacaram no cenário cultural, contribuindo para o desenvolvimento do país. É a maior honraria concedida no campo da Cultura nacional.

”Me honra saber que fui ouvido daqui, do menor Estado da Federação. Me honra ainda mais tê-lo representado ao receber tal reconhecimento. Acredito na música, acredito piamente no papel da arte para a transformação de vidas, no mais amplo dos sentidos”, afirma Saulo.

(Saulo em Brasília com sua medalha de mérito. Foto: reprodução arquivo pessoal/facebook)

Trajetória musical

A história de Saulo com a música começou aos 12 anos, com aulas de guitarra. Aos 15, ele já estava ministrando aula do instrumento. A partir daí o amor já estava consolidado.

Formado em música pela Universidade Federal de Sergipe (UFS) e mestre em Educação Musical pela Universidade Federal da Bahia, o músico vem ao longo dos anos desenvolvendo um trabalho autoral resultante de múltiplas influências, sobretudo do jazz, da música brasileira e africana.

Algumas das suas inspirações musicais são Milton Nascimento, Pat Metheny, John Scofield, César Camargo Mariano, Brian Blade, Kurt Rosenwinkel e Toninho Horta.

Dentre seus principais trabalhos destacam-se os grupos Ferraro Trio, Jazz III, Saulo Ferreira Quarteto, Trança de Caipora e Canjica Trio. Atualmente, Saulo Ferreira compõe o corpo docente do Departamento de Música da Universidade Federal de Sergipe.

Durante sua trajetória profissional, Saulo teve a oportunidade de levar seu trabalho para o exterior. Em 2017, o músico visitou Portugal no meio do ano e passou 15 dias em uma residência artística na cidade de Fafe. Durante sua estadia ele ministrou workshops sobre guitarra e fez dois shows, nas cidades de Braga e Guimarães.

No mesmo ano, em novembro, Saulo voltou para Portugal e fez um show na cidade de Lisboa com seu amigo e músico João Ventura, com quem ele tem um duo de guitarra elétrica e piano. Também participou do show o baterista Rogério Pitomba.

Além de Portugal, Saulo ministrou workshops musicais na cidade de Viena, na Áustria, nos anos de 2013 e 2014. 

O poder da música

Seja como professor ou como músico, Saulo usa a música para se transformar e transformar aqueles ao seu redor.

“A música me ensinou a respirar, a ouvir mais que tocar, a respeitar o que o outro tem a me dizer. Acredito no poder da arte, acredito e defendo uma conduta artística que se funda com o que somos por essência”, diz o sergipano.

Com seus instrumentos, Saulo transmite os valores nos quais acredita. Através das suas aulas, ele ensina e aprende todos os dias. O prêmio de Ordem de Mérito Cultural é a materialização do seu amor pela música, e de todos que foram e serão tocados por ela. 

“Nos cabe ser bons a fim que nossa arte seja boa e verdadeiramente toque o outro. Em minha humilde concepção, isso é fazer arte, além fronteiras”, finaliza o aracajuano. 

*Estagiária sob a orientação da jornalista Aline Aragão. 

Mais Notícias de Entretenimento
16/02/2019 14:23 Carnaval 2019: Confira a programação de bloquinhos neste fim de semana
A realização dos eventos deve ser autorizada pela Prefeitura Municipal e demais órgãos
16/02/2019 09:00 Selo musical “Mangaba” promove artistas locais e é destaque em Sergipe
Cultura musical independente no estado é recente, mas cheia de potencial
16/02/2019 08:57 Maceió terá prévias de carnaval com blocos de rua à beira mar
Capital alagoana mantém a tradição de antecipar as festas com mais de 100 blocos
15/02/2019 09:32 Carnaval do Carro Quebrado, em Aracaju, não será realizado em 2019
Tradicional festa acontecia há 13 anos na zona sul da capital sergipana
14/02/2019 20:00 Personagens do filme Hotel Transilvânia 3 chegam no shopping jardins
Conde Drácula, Mavis e Johnny divertem crianças, jovens e adultos