Mais de 100 empresas caem na malha fina em Sergipe, informa Receita
Total do débito no estado chega a quase R$ 9 milhões, segundo o Fisco
Economia| Por F5 News 03/06/2019 18:55 - Atualizado em 04/06/2019 10:22

A Receita Federal identificou mais de R$ 1 bilhão em sonegação fiscal de empresas, entre março e maio deste ano, em todo o país. No período, foram autuadas 5.241 empresas em todo o país por irregularidades no Imposto de Renda da Pessoa Jurídica (IRPJ) e na Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) do ano-calendário 2014, dentre elas 111 são sediadas em Sergipe. 

O crédito tributário lançado, que inclui juros moratórios e multa de ofício de 75%, totalizou R$  8,9 milhões no estado. As irregularidades foram apuradas na Malha Fiscal Pessoa Jurídica. A Receita Federal orienta as empresas com irregularidades no IRPJ e na CSLL dos anos-calendário seguintes a se autorregularizarem. 

De acordo com o Fisco, o demonstrativo das inconsistências e as orientações para a autorregularização constarão na carta a ser enviada ao endereço cadastral constante do Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ) e na caixa postal dos contribuintes. A caixa postal pode ser acessada no site da Receita, no portal e-CAC.

Essa é mais uma etapa da série de ações do Projeto Malha Fiscal da Pessoa Jurídica da Receita Federal, que tem como objetivo identificar “inconsistências” no recolhimento de tributos por meio do cruzamento de informações eletrônicas, explicou o órgão.

Mais Notícias de Economia
23/07/2019 19:03 Governo Federal lança oficialmente programa “Novo mercado do gás”
Secretário do Desenvolvimento de Sergipe reafirma boas perspectivas econômicas
23/07/2019 18:20 BB facilita pagamento do Pasep para correntistas de outros bancos
Beneficiários poderão fazer TED com custo zero
23/07/2019 18:15 ANS limita reajuste de planos de saúde individuais e familiares a 7,3%
A ANS mudou a metodologia do cálculo que define o limite do reajuste
23/07/2019 11:43 Abono do PIS/Pasep começa a ser pago nesta quinta-feira
Mais de 23 milhões de trabalhadores podem receber o dinheiro
23/07/2019 07:43 ANTT suspende novas regras para cálculo de frete mínimo
Agência determinou que ficam valendo as normas aprovadas em 2018