Dólar sobe 2,20% com aumento da tensão comercial entre EUA e China
Economia| Por Agência Brasil 11/07/2018 19:15 - Atualizado em 11/07/2018 18:55

O anúncio dos Estados Unidos de que poderá ampliar a taxação de produtos da China levou o dólar comercial a subir 2,20% nesta quarta-feira (11), e a moeda norte-americana chegou à cotação de R$ 3,8811 para venda.

O Banco Central continua sem atuar em leilões extraordinários de swaps cambiais (venda futura de dólares), apostando no cenário dos últimos dois pregões, quando houve queda de 3,5% na cotação da moeda.

O Ibovespa (índice da Bolsa de Valores de São Paulo) refletiu o aumento da tensão comercial entre Estados Unidos e China, fechando o pregão de hoje em baixa de 0,62%, com 74.398 pontos.

Papéis de grandes empresas acompanharam a tendência de queda, com Petrobras fechando em -1,97%; Vale, em -1,11%; e Bradesco, em -0,29%.

Mais Notícias de Economia
17/12/2018 08:15 Receita paga as restituições do último lote do IRPF 2018
Neste lote também estão restituições residuais de 2008 a 2017
14/12/2018 10:44 Federação da Agricultura apresenta ao Governo propostas para o setor
A agricultura representa algo entorno de 240 mil empregos no Estado
13/12/2018 16:00 Governo de Sergipe suspende última parcela da antecipação do 13ª
Valor será acrescentado nas parcelas que serão pagas a partir de janeiro
13/12/2018 15:32 Câmara prorroga incentivos que beneficiam empresas sergipanas
Pelas regras em vigor, empresas podem obter uma redução de até 75% do IR
13/12/2018 15:30 Mais de 16 mil sergipanos nascidos em dezembro podem sacar o PIS
R$ 12 milhões foram liberados para o estado nesta fase de pagamento do abono