Sergipão 2018: partida termina em zero a zero e Sergipe é o campeão
Cotidiano 15/04/2018 11:00 - Atualizado em 16/04/2018 11:28

Por F5 News

Foram noventa minutos de muita vibração e emoção. De um lado o Sergipe que, jogando em casa, tinha a vantagem do empate; do outro, o Itabaiana, que chega à final do campeonato pelo terceiro ano consecutivo. O Sergipe soube administrar a vantagem e, em uma partida sem gols, conquistou o 35º título da história.

Nas arquibancadas, olhos atentos. Basta um lance mais perigoso e... ufa, não foi dessa vez. O torcedor reclama, roe as unhas, leva a mão à cabeça. É, final de campeonato é assim mesmo, é para ficar com o coração acelerado. principalmente quando tem pênalti. Nino Guerreiro vai para a cobrança e... pra fora. Haja coração.

A tão desejada taça recebeu o nome do promotor de justiça Deijaniro Jonas Costa, que tem uma relação bem especial com o esporte. Foi atleta, dirigente e fundador de dois times na cidade de Lagarto. “Não estou no esporte por acaso. Não cheguei ao futebol por interesse. Ajudei muito a formação da minha equipe e agora, no Ministério Público Estadual, sempre me envolvo na defesa das questões inerentes ao futebol, principalmente quando se trata do combate à violência nos estádios”, destacou o homenageado

A festa do campeão continuou fora do estádio, onde um trio elétrico já esperava os torcedores. Pelas ruas da cidade uma onda colorada tomou conta dos mais apaixonados, ao som do grito de "É campeão".

Fotos: F5 News

Mais Notícias de Cotidiano
17/08/2018 06:48 Idoso morre vítima de picada de cobra na cidade de Propriá (SE)
Ele chegou a ser encaminhado para uma unidade hospitalar, mas não resistiu
16/08/2018 18:30 Bloqueio de rua prejudica atendimento de usuários no Ciras
Por semana, o Centro de Integração Raio do Sol presta assistência a 600 pessoas com deficiência
16/08/2018 18:05 Novas decisões judiciais tumultuam concurso para soldado da PM
Governo diz que vai recorrer de todas as decisões e data do TAF está mantida
16/08/2018 17:25 Suspeito morre em confronto com a PM na zona de expansão
16/08/2018 15:30 Transporte escolar: fraude em licitações gerou sobrepreço de R$ 75 milhões
Doze empresas são acusadas de fraudar contratos celebrados com a Secretaria da Educação de SE