Semana Santa
Preço baixo é atrativo especial para quem busca por peixes em Aracaju
Segundo a tradição católica, a carne vermelha deve estar fora do cardápio na Quaresma
Cotidiano| Por Saullo Hipolito* 15/04/2019 08:17 - Atualizado em 15/04/2019 11:47

A compra e venda de peixes em Aracaju segue a todo vapor, isso porque a Semana Santa teve início neste domingo (14) e durante esse período os cristãos católicos seguem a tradição de só comer peixes, mariscos ou outras das chamadas carnes brancas.

Os preços em relação ao ano passado, de acordo com vendedores e consumidores permanecem os mesmos.

De acordo com o cálculo elaborado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), após dois anos de preços moderados, a inflação da Páscoa voltou a assustar. Utilizando dados do Índice de Preços ao Consumidor (IPC), foi diagnósticado pelo órgão que os preços de uma cesta de produtos consumidos nessa época teve alta de 17,15% entre abril de 2018 e março de 2019. O cálculo apontou que os peixes frescos tiveram aumento de 4,67%.

Mas esses percentuais são  questionados pelo senhor Carcaça, que vende peixes na Central de Mercados e Mariscos de Aracaju há pelo menos 15 anos. "Os preços são os mesmos do ano passado e, por isso, as vendas têm crescido nessa época", afirmou.

Muitas pessoas já fizeram suas compras para a época, mas ainda tem gente que espera encontrar um preço mais baixo, como é o caso do casal José Rangel e Elisângela Silva (foto 1), ou da comerciante Juciene Silva (foto).

"Deixei para a última hora e agora estou encontrando poucos peixes. Eu gosto dos peixes de água doce como a tilápia, por isso vou pesquisar e ver o melhor que encontro para a semana, porque não pode faltar. Já é um costume que eu herdei da minha avó", afirmou Juciene.

Os produtos mais procurados e consumidos de acordo com os vendedores locais são os peixes do tipo Bacalhau, Vermelho, Tainha e Atum. Vendidos a quilo e com preços atrativos os produtos acabam rapidamente.

 

Confira a média de valor de alguns peixes por quilo:
 

  • Robalo R$ 25;

  • Tainha R$ 14;

  • Pescado Amarelo R$ 23;

  • Vermelho R$ 25;

  • Tainha pequena R$ 12

  • Dourado R$ 18

  • Uvina R$ 15

  • Cação R$ 17

  • Serra R$ 17

  • Camarão R$ 22


* Estagiário sob supervisão da jornalista Fernanda Araujo.

Mais Notícias de Cotidiano
23/04/2019 20:48 Saúde destaca importância da vacina na prevenção da meningite
Este ano, Sergipe já registrou seis casos da doença e uma morte
23/04/2019 18:54 Suspeito do desaparecimento do tio é preso em Poço Verde
23/04/2019 18:34 Instalação dos semáforos inteligentes deve ser concluída em agosto
23/04/2019 18:00 Defesa Civil alerta para chuvas em 67 municípios
23/04/2019 17:33 Conselheira determina fiscalização em feiras livres de 14 municípios
Confira quais cidades do interior sergipano vão receber a inspeção do TCE