Caso Eliana: adolescente recebe pena de três anos de internação
Segunda audiência do caso aconteceu no Fórum Carlos Fontes de Alencar
Cotidiano| Por F5 News 12/07/2018 13:54 - Atualizado em 12/07/2018 17:41

O autor dos disparos que matou a primeira sargento Eliana Costa Silva, 46, durante uma tentativa de assalto no mês de maio em Aracaju (SE), recebeu uma pena de três anos de internação que deve ser cumprida no Centro de Atendimento ao Menor (Cenam). 

A segunda audiência de instrução do caso aconteceu na manhã desta quinta-feira (12) no Fórum Desembargador Carlos Fontes de Alencar, do bairro Getúlio Vargas. O resultado do julgamento foi anunciado no início da tarde. O adolescente foi condenado pelo ato infrancional análogo ao crime de latrocínio.

Antes do julgamento, parentes da vítima, que usavam camisas em sua memória, informaram à imprensa que esperavam o cumprimento da Justiça e a pena máxima de três anos, atribuída a um menor de idade conforme o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

Durante a audiência, foram ouvidos pela juíza Aline Cândido, da 17º Vara da Infância, o adolescente infrator, a mãe do acusado e também o viúvo da sargento da Polícia Militar, que falou à juíza do estado emocional em que se encontram os filhos da vítima.  

À imprensa, a mãe do adolescente, que preferiu não ser identificada, disse que tem três filhos, e os dois mais jovens são usuários de drogas. Segundo ela, o adolescente que confessou o homicídio tem 16 anos e no momento do crime usava a carteira de identidade do irmão de 13 anos. “Eu sinto muito que a vida foi embora, não foi só a família dela que se desestruturou, não, a minha também, eu também”, disse ela, em entrevista à TV Sergipe.

Lembre

Na noite do dia 31 de maio deste ano, a sargento estava de folga e ao sair de um salão de beleza foi abordada pelo adolescente que anunciou o assalto na esquina da casa dela, no conjunto Orlando Dantas, zona Sul da capital. Nesse momento, segundo testemunhas, o menor pediu o celular quando a policial reagiu e o indivíduo efetuou três disparos que atingiram a sua cabeça.

Após o crime, o menor fugiu de bicicleta levando o celular da vítima. O adolescente foi apreendido na manhã do dia seguinte no bairro 17 de Março e segundo a polícia confessou o ato. Desde o homicídio, ele estava internado na Unidade Educativa Provisória (Usipe).

A sargento Eliana era natural de Pão de Açúcar, em Alagoas, e integrava a Assistência Militar na Assembleia Legislativa (Alese) desde 1998. Fazia parte da Corporação desde 1993, época em que foi soldada combatente e logo em seguida 3º Sargento. Ela integrou a companhia de polícias femininas ainda nos anos 90 e foi homenageada no Dia Internacional da Mulher, em 8 de março deste ano.

Leia mais

Tristeza e indignação marcam velório da sargento Eliana Costa

Corpo da sargento Eliana é sepultado com honras militares

Mais Notícias de Cotidiano
22/01/2019 19:05 Defesa Civil alerta para riscos do aumento de vazão do Rio São Francisco
ONS propôs uma alteração na operação da Usina Hidroelétrica de Xingó
22/01/2019 19:03 Atalaia e Coroa do Meio terão abastecimento suspenso nesta quarta
22/01/2019 18:00 Caixas d’águas reforçam abastecimento em Tobias Barreto
Ação ocorrerá paralelamente à operação da nova Adutora de Itapicuru
22/01/2019 17:29 Cinco homens acusados por roubos são presos em Socorro
Na ação da Polícia Militar, foram apreendidas armas e munições
22/01/2019 17:20 Fundat anuncia vaga de emprego para operador eletromecânico
Os interessados em participar da seleção devem comparecer à sede do órgão