Sequestrador de ônibus no Rio é morto por atiradores de elite
Ele fez 37 passageiros reféns na Ponte Rio-Niterói
Brasil e Mundo| Por Agência Brasil 20/08/2019 09:00

O porta-voz da Polícia Militar (PM) do Riode Janeiro, coronel Mauro Fliess, confirmou que o sequestrador que fez 37 reféns no início da manhã, em um ônibus na Ponte Rio-Niterói, foi morto por atiradores de elite.

Tiros foram ouvidos no local por volta das 9h. Pelo Twitter, a PM informou que a ocorrência foi encerrada sem vítimas entre os reféns. “O tomador de refém foi neutralizado por um atirador de precisão do #Bope [Batalhão de Operações Policiais Especiais] e todos os reféns foram libertados ilesos” postou a corporação.

O sequestro começou pouco antes das 6h e interditou a ponte nos dois sentidos. Até as 9h, o sequestrador havia liberado seis reféns. Segundo as primeiras informações, ainda não confirmadas, o sequestrador estava armado e se identificou como policial militar.

A polícia disse que a arma usada por ele era um simulacro, ou seja, de brinquedo.

A ponte permanece interditada.

Mais Notícias de Brasil e Mundo
18/09/2019 09:20 Dodge pede federalização da investigação do assassinato de Marielle
Raquel Dodge encerrou nesta terça-feira (17) mandato de dois anos na PGR
17/09/2019 21:15 Arábia Saudita anuncia compra de frutas, castanhas e ovos do Brasil
Produtos representam um mercado potencial superior a US$ 2 bilhões
17/09/2019 16:10 Desmatamento na Amazônia é comandado por redes criminosas, diz ONG
Falta de apuração de mortes e ameaças contribuem para ação criminosa, aponta relatório
16/09/2019 16:47 Sobe para 12 número de mortos em incêndio em hospital do Rio
Incêndio atingiu prédio do Hospital Badim, na zona Norte da cidade
16/09/2019 16:43 Bolsonaro deixa hospital em São Paulo e volta para Brasília
Presidente passou por cirurgia de correção de uma hérnia incisional