Projeto que autoriza MP a pedir exclusão de herança é aprovado na CCJ
Brasil e Mundo 11/10/2017 14:30 - Atualizado em 11/10/2017 13:54

A Comissão de Constituição e Justiça do Senado aprovou hoje (11) o Projeto de Lei do Senado (PLS) 9/2017, que autoriza o Ministério Público a pedir a exclusão do direito à herança do legatário ou herdeiro autor de homicídio doloso, ou tentativa de homicídio, contra aquele que deixa os bens.

O autor, deputado Antonio Bulhões (PRB-SP), diz que o texto do Código Civil de 1916 mencionava expressamente que a exclusão poderia ser pedida apenas por pessoas com “interesse legítimo” na sucessão – outros herdeiros e credores que se sintam prejudicados, por exemplo.

Segundo ele, como a legislação atual não fez essa ressalva, restam dúvidas quanto à atuação do Ministério Público, apesar de o Superior Tribunal de Justiça já ter decidido que o Ministério Público tem legitimidade para promover ação, “desde que presente o interesse público”. O relator, senador Ricardo Ferraço (PSDB-ES), deu parecer favorável à aprovação do projeto, que ainda precisa ser examinado em plenário da Casa.

Fonte: Agência Brasil

Mais Notícias de Brasil e Mundo
19/06/2018 11:18 Japão surpreende e vence a Colômbia por 2 a 1
Em confronto difícil, asiáticos utilizam da velocidade para vencer colombianos
19/06/2018 09:25 Atrizes criticam brasileiros que assediaram mulher russa na Copa
Fernanda Lima, Mônica Iozzi e Debora Nascimento usaram das redes sociais para apontar a misoginia e o machismo no vídeo
19/06/2018 09:21 Taxa de ocupação dos presídios brasileiros é de 175%
18/06/2018 17:53 Seleção brasileira começa a se preparar para enfrentar a Costa Rica
Após empate, o Brasil volta a campo na sexta-feira em São Petersburgo
18/06/2018 17:48 Inglaterra desempata no fim do segundo tempo e vence Tunísia