Conheça a reforma administrativa aprovada na Câmara dos Deputados
O texto ainda será apreciado pelo Senado Federal
Brasil e Mundo 25/05/2019 09:52 - Atualizado em 25/05/2019 11:01

O plenário do Senado deve votar nesta terça-feira (28) a Medida Provisória 870 (MP), que trata do redesenho administrativo do governo Bolsonaro. O texto foi aprovado na Câmara na semana passada e alterado pelos parlamentares, que decidiram devolver o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), hoje sob a responsabilidade do ministro Sergio Moro (Justiça), para o Ministério da Economia, comandado por Paulo Guedes.

A mudança do Coaf tem dividido os senadores. Se os parlamentares decidirem devolver o órgão para a pasta comandada por Sergio Moro, o texto da MP teria que voltar a ser apreciado pelos deputados. Para não correr o risco de ver a MP perder a validade, o presidente Jair Bolsonaro defendeu a aprovação da medida da forma como foi votada pela Câmara dos Deputados. A medida tem que ser aprovada até o dia 3 de junho para não caducar. 

"[O Coaf] continua no Executivo, sem problema nenhum. Deve ser votada na semana que vem no Senado. No meu entender, deve aprovar o que foi votado na Câmara dos Deputados e vamos seguir em pautas mais importantes", disse Bolsonaro, durante transmissão ao vivo em sua página no Facebook.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Arte: EBC

Fonte e foto: Agência Brasil 

Mais Notícias de Brasil e Mundo
18/09/2019 09:20 Dodge pede federalização da investigação do assassinato de Marielle
Raquel Dodge encerrou nesta terça-feira (17) mandato de dois anos na PGR
17/09/2019 21:15 Arábia Saudita anuncia compra de frutas, castanhas e ovos do Brasil
Produtos representam um mercado potencial superior a US$ 2 bilhões
17/09/2019 16:10 Desmatamento na Amazônia é comandado por redes criminosas, diz ONG
Falta de apuração de mortes e ameaças contribuem para ação criminosa, aponta relatório
16/09/2019 16:47 Sobe para 12 número de mortos em incêndio em hospital do Rio
Incêndio atingiu prédio do Hospital Badim, na zona Norte da cidade
16/09/2019 16:43 Bolsonaro deixa hospital em São Paulo e volta para Brasília
Presidente passou por cirurgia de correção de uma hérnia incisional