Como descobrir o abuso sexual contra crianças?
Especialista ressalta a importância de observar os sinais no dia a dia
Brasil e Mundo 13/03/2018 12:30 - Atualizado em 13/03/2018 11:57

Infelizmente, a violência contra a criança e o adolescente é mais comum do que se imagina. Segundo dados da UNICEF, a cada sete minutos morre uma criança ou um adolescente em qualquer parte do mundo, nesse cenário de tragédias, o Brasil ocupa o 5º lugar com maior taxas de homicídios contra adolescentes. O abuso sexual está entre as formas de violência mais praticadas contra a criança e o adolescente. O tema tem sido abordado na novela “O outro lado do paraíso” da rede Globo, e tem apontado a importância dos cuidados com esse grupo vulnerável.

Sarah Lopes, psicóloga do Hapvida, explica que é necessário observar os sinais como a inquietação ou o medo. “Você deve observar se seu filho parece estar hesitante ou com medo de ir para casa. Crianças abusadas geralmente também podem mostram reações extremas a barulhos altos, a movimentos repentinos ou até mesmo a toques físicos. Mesmo quando o abuso é sexual, estes sinais devem ser observados”, coloca.

Segundo a especialista, a família das vítimas desse tipo de violência se apresenta desestruturada e geralmente requer apoio psicológico. As consequências para as vítimas são diversas, e podem ir de danos psicológicos a danos físicos. Com os abusos sexuais, a criança e o adolescente têm a autoestima afetada, podendo dificultar o planejamento do futuro, esclarece.

Apesar da gravidade da violência e dos danos causados, é possível que as crianças e adolescentes vítimas dessa violência busquem tratamento. “Inicialmente, essas crianças necessitam de um apoio social. Subsídios suficientes para que a situação de rua não retorne. É preciso ainda identificar que os abusos sexuais possuem algumas diferenças com a exploração sexual, sendo esta última ainda mais grave, pois coloca a vida das crianças ainda mais em risco. O tratamento psicológico deve ser pautado em sua autoestima e no apoio com sua crença interna, fazendo com que a criança desenvolva outras habilidades diferentes das sexuais”, elucida.

Fonte: Assessoria de Imprensa e Marketing

Mais Notícias de Brasil e Mundo
20/06/2018 20:37 Vagas do ProUni estão disponíveis para consulta
As inscrições poderão ser feitas de 26 a 29 de junho
20/06/2018 17:36 CBF reafirma erros de arbitragem no empate do Brasil com a Suíça
Fifa respondeu à entidade, mas não analisou lances nem forneceu vídeo
20/06/2018 17:32 Brasil faz treino preparatório para jogo contra a Costa Rica
Neymar participou de todo o treinamento e não mais se queixou de dores
20/06/2018 14:31 Uruguai vence a Arábia Saudita e define classificados do grupo A
Placar de 1 a 0 garantiu a classificação da Celeste na Copa da Rússia
20/06/2018 11:11 Portugal é pressionado por Marrocos, mas vence com gol de CR7