Previsões para o varejo
Blogs e Colunas | Marcio Rocha 19/11/2018 08:32

As vendas do comércio varejista brasileiro no mês de setembro tiveram uma queda de 1,3% na comparação com agosto e, na comparação com setembro do ano passado, houve alta de 0,1%. A desaceleração ocorreu após a alta de 2% em agosto. De acordo com a gerente da pesquisa, Isabella Nunes, trata-se do pior setembro da série histórica da pesquisa, iniciada em 2000. Além disso, foi o resultado mais negativo desde março de 2017, quando houve queda de 1,9% na comparação com o mês imediatamente anterior. Apesar deste resultado negativo, a CNC considera que o mês de outubro deve fechar com resultado melhor e estima que este ano o varejo registre uma alta de 4,5%, maior do que a registrada no ano passado, que foi de 4%.

Pagamento do PIS/Pasep aqueceu comércio

O chefe da Divisão Econômica da CNC, Fabio Bentes, afirma que a expressiva queda fica evidente quando comparado ao resultado do mês anterior, que teve crescimento de 2%. “Em agosto, tivemos o pagamento do PIS/Pasep que aqueceu o comércio”, explicou. O recurso extra, entretanto, não foi suficiente para garantir um reaquecimento completo do setor. Além disso, Bentes apontou uma oscilação nas vendas como um prognóstico para os próximos meses. “O desemprego e as altas taxas de juros para empréstimos de crédito são fatores que não evoluem de forma satisfatória para fazer com que o comércio engate”, explicou.

Salário mínimo pode ser maior que o previsto

O ministro do Planejamento, Esteves Colnago, afirmou ontem que a variação da inflação pelo INPC pode ficar mais alta que a prevista pelo governo no projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA) de 2019, o que abriria a porta para um salário mínimo maior que o de R$ 1.006,00, originalmente estipulado para o ano que vem. Em audiência pública na Comissão Mista de Orçamento (CMO), ele lembrou que cada R$ 1 de elevação no valor do salário mínimo implica necessidade adicional de R$ 304 milhões em gastos da União, aumentando a pressão sobre um Orçamento já apertado por crescentes gastos obrigatórios.

Com foco

Em total segurança ao patrimônio e investimento de seus clientes, a Wert Investimentos - leia-se Lauro Fonseca, Danilo Ribeiro, Lucas Iglesias, Carlos Cardoso e Felipe Libório - cede consultoria para seu capital rentabilizar  com credibilidade. Toda a expertise deste grupo de jovens executivos com certificações que o abalizam para entender o mercado.

Prêmio Sincor de Jornalismo

Na próxima quinta-feira (22), serão conhecidos os vencedores do 4º Prêmio Sincor de Jornalismo. Foram inscritos mais de 30 trabalhos nas categorias TV, Rádio, Impresso, Web e Universitário. O evento acontecerá no salão de festas Camp Perrin, na rua Jornalista João Batista de Santana, 2700, Coroa do Meio, às 19h30. Em cada categoria, os primeiros colocados ganharão R$ 3.000, os segundos R$ 1.000 e os terceiros colocado um troféu. Na categoria Universitário, o vencedor levará um prêmio de R$ 1.000. 

Notícias em Sergipe
Mais Notícias de Marcio Rocha
15/06/2019 06:20

Comércio tem pior resultado para abril desde 2015

08/06/2019 06:20

Deputados manifestam apoio para pleitos do comércio atacadista e distribuidor

20/04/2019 06:20

Proteção de dados, notas fiscais e a segurança do consumidor

13/04/2019 06:20

Laércio defende Sistema S

06/04/2019 06:20

Sincadise mostra à classe política importância do setor no estado

Blogs e Colunas
Marcio Rocha
Marcio Rocha é jornalista formado pela UNIT e radialista formado pela UFS, especializado em economia, com experiência de quase 20 anos na comunicação sergipana.

E-mail: jornalistamarciorocha@live.com


O conteúdo e opiniões expressas neste espaço são de responsabilidade exclusiva do seu autor e não representam a opinião deste site.