Altamirando Sá
08/08/2017 14:35:00
A hotelaria hospitalar e o exército a serviço do bem-estar

Você já parou para imaginar o batalhão de profissionais que está por trás da imensa estrutura dos hospitais? Imagino que não, certo? Pois saiba que existem diversos profissionais que estão preocupados em atender às suas necessidades, fazendo com que você, cliente, seja fidelizado a aquele serviço e saia cada vez mais encantado com a experiência vivida. Esses profissionais fazem parte da equipe de serviços de apoio.

E qual o nome dado aquele agrupamento de serviços de apoio? Acertou quem disse HOTELARIA HOSPITALAR. Esse compilado de serviços é responsável por tornar a experiência do cliente da Saúde cada vez mais prazerosa, pois, além de ofertar os já tradicionais serviços de saúde, agregam também serviços diferenciados. Faço questão de ressaltar uma máxima que costumo usar, que diz o seguinte: serviços de saúde qualquer hospital, clínica e/ou consultórios pode ofertar, mas o diferencial é a grande arma dos bons.

A hotelaria hospitalar é um pilar fundamental dentro dessas organizações, pois é responsável direta pela gestão dos principais serviços de apoio e é nela que está inserida grande parte dos colaboradores ligados ao atendimento ao cliente. Em 80 hospitais pesquisados pela Associação Nacional de Hospitais Particulares- ANAHP, foram contabilizados mais de 140 mil profissionais atuando, uma média de cerca de 1.750 profissionais/hospital trabalhando rotineiramente.

Para que a equipe assistencial esteja com a atenção estritamente voltada para o paciente/cliente, é necessário que os serviços de apoio estejam funcionando a todo vapor; então, antes mesmo da chegada do paciente/cliente já há alguém cuidando de tudo para que ele possa ser atendido da melhor maneira possível, mas não se espante se um dia você precisar de um grande e belo hospital e sair com uma péssima impressão, pois, apesar de grandes estruturas, não é difícil encontrar uma gestão amadora. Para que tudo funcione de maneira encantadora, precisamos unir alguns requisitos, tais como: uma estrutura moderna, processos bem definidos e pessoas bem treinadas (gastou-se 2,37 horas de treinamento por profissional em 2016). Esses fatores são essenciais para o sucesso de qualquer organização.

Atender bem o seu cliente não é somente uma obrigação, mas uma necessidade cada vez maior frente à concorrência existente no mercado.

Então, quando você ouvir alguém falar em hotelaria hospitalar, lembre-se de uma imensa e esforçada equipe que está trabalhando por trás dos holofotes, visando a sua segurança, conforto e bem-estar.

Portanto, valorize todos os profissionais de um hospital, pois sem eles não seriam realizados no ano de 2016, somente em 87 hospitais, mais de 66 milhões de exames e quase 1,5 milhões de internações e certamente muitas pessoas não estariam lendo esse texto; afinal, todos precisam dos hospitais e das pessoas que nele trabalham. (Dados: ANAHP)

Colunista Altamirando Sá
Altamirando Sá
Altamirando Sá é graduado em Serviço Social pela Universidade Tiradentes e Especialista em Gestão de Hotelaria Hospitalar pelo Albert Einstein- SP.

Com vasta experiência em gestão, já atuou em hospitais de grande porte nos estados de Alagoas e Sergipe. Presta serviço de consultoria em hotelaria hospitalar e gestão de serviços atuando desde a implantação ao gerenciamento dos serviços.

É colunista do site F5 News, onde escreve sobre HOTELARIA HOSPITALAR e GESTÃO.
Notícias em Sergipe
Notícias em Sergipe
Notícias em Sergipe
Notícias em Sergipe
Notícias em Sergipe
F5 News - © 2016.
criação de site